Terapia de ioga

4 asanas para a saúde do tornozelo

Se você tem dor nos tornozelos em Padmasan, adicione esses 4 exercícios à sua prática.

Se você tiver dor no tornozelo em Padmasana (posição de lótus), adicione esses 4 exercícios à sua prática.

Vrikshasanana - pose de árvore, variação

A prática regular de asanas em uma perna é um bom começo para o fortalecimento a longo prazo do tornozelo. Esta variação de Vrikshasana irá ajudá-lo a desenvolver flexibilidade nos ossos da perna, tornozelos e pés.

Fique de pé no pé esquerdo e retire o pé direito do chão. Coloque o pé direito na superfície interna do tornozelo esquerdo. Assim, o pé direito se tornará um estabilizador e um sensor que mantém o movimento do tornozelo esquerdo sob controle. Se você sentir vibrações, concentre-se nelas com uma vingança, sem perder o controle da respiração e dos músculos abdominais. Faça 5-10 respirações nesta posição e depois mude de lado.

Virasana - pose de herói, variação

Enrole a correia ao redor dos tornozelos e aperte-a com mais força, como se estivesse colocando uma bandagem e retirando o curativo antes de cada novo giro (não aperte nem aperte o cinto). As meias encostam no tapete, os dedos apontam para trás e você está sentado em seus calcanhares, puxando o cinto o mais próximo possível de você.

Dobre os tornozelos e os dedos dos pés como se estivesse tentando se afastar. Imagine seus dedos se transformando nas garras de um falcão agarrado a um galho. Agora estique os dedos e pressione ativamente os pés contra o chão, puxando novamente o cinto o mais apertado possível.

Namastê e pés Namastê invertidos

Sente-se em Dandasana (postura da equipe): os tornozelos estão conectados. Gire as solas para dentro (inversão). Agora mude a direção do movimento, virando as solas dos pés para fora (eversão), como se estivesse tentando criar a forma de um Namastê invertido com seus pés. Repita os dois tipos de movimento 10-20 vezes.

Levantando nos dedos do pé

Fique em Tadasana, pés paralelos um ao outro. Descanse os dedos no chão e suba nas meias. Tente manter seu peso corporal uniformemente distribuído entre todos os dedos. Lentamente afundar no tapete e, em seguida, sem parar, subir novamente. Repita 10-20 vezes.

Foto: xkflyaway / instagram.com